IMG_9914

“Para recuperar o que perdemos no Brasil, um dos grandes desafios é a reforma política”, diz Giannetti

O Pajuçara Management começou na noite de hoje (30) com um dos grandes nomes do mundo socioeconômico e político do Brasil, destaque também mundo afora. Eduardo Giannetti foi escolhido para iniciar a série de palestras na edição do evento, que acontece até amanhã (31) no Centro de Convenções e comemora os 15 anos de realização do maior evento de gestão corporativa do Norte e Nordeste.

Antes de subir ao palco, o palestrante já dava sinais de sua abordagem: “pelo momento atual, vamos falar do valor do amanhã do Brasil”. “É certo que o País vai sair desta crise muito melhor do que entrou”, disse o economista ao falar ao vivo, nos bastidores, em entrevista à TV Pajuçara.

Em quase uma hora de palestra, Eduardo Giannetti trouxe abordagens no contexto político, econômico e social, fazendo um panorama sobre a situação de crise pela qual o Brasil passa. “Se estivéssemos vivendo tempos normais no Brasil, eu falaria sobre escolhas no plano pessoal e organizacional. No entanto, a gravidade do momento pede algo diferente. Vivemos um tempo crítico. É preciso olhar para a nação brasileira, para a coletividade e todas as escolhas que deveremos tomar daqui para a frente em nossas vidas”, disse ao iniciar a palestra.

Eduardo Giannetti dedicou maior parte do tempo a falar sobre a situação do país e os caminhos para superar o momento vivido. “Para recuperar, a longo prazo, o horizonte favorável que perdemos no Brasil, um dos grandes desafios é a reforma política. O sistema politico é resultado das regras do jogo e das qualidade de seus jogadores”, ressaltou.

Falando sobre as alternativas para o Brasil sair da grave crise, o palestrante afirmou que “a única maneira de resolver a atual situação econômica do País é aumentar a riqueza gerada, elevando a produção de atividade dos brasileiros”.

“A capacidade brasileira está em um padrão baixíssimo. De toda renda gerada no Brasil, apenas 16% é direcionado a investimentos. Enquanto isso, países que aumentam positivamente o capital, como os EUA, investem 25 a 30% de seu PIB. Gerar mais renda para transferir no tempo uma parte dela aos que já não estão em idade profissional produtiva. A palavra-chave é produtividade”, comentou.

Após responder as perguntas da plateia, Eduardo Giannetti seguiu a abordagem sobre o tema de sua palestra e fez uma observação pertinente que chamou atenção, levando os participantes à reflexão: “Na educação brasileira, uns fingem que ensinam, outros fingem que entendem. No fim, tudo acaba em diploma”.

Management

Referência entre as regiões Norte e Nordeste, o Pajuçara Management conta com o patrocínio de grandes marcas e instituições. Para que mais uma edição seja realizada com sucesso, o evento é patrocinado Prefeitura de Maceió, Correios – Governo Federal, Unimed Maceió, Centro Universitário Unit, Sistema Fecomércio- AL, Maceió Shopping, Sesi, Senai e Sebrae.