foto1

Setor industrial aposta em novos mercados para vencer período de recessão

Assim como o comércio, a crise também afetou a indústria. Mesmo assim, os empresários buscam novos mercados para resistir aos impactos causados pela recessão econômica. O setor da construção civil de Alagoas, por exemplo, enfrenta dificuldades, mas usa estratégias para se manter firme no mercado; entre os empresários, a palavra-chave é inovar.

A construção civil foi uma das áreas mais afetadas pela crise no país, chegando a registrar, em Alagoas, 20 mil demissões nos últimos dois anos. Um cenário que, por tabela, influencia negativamente diversos setores da indústria.

“A essa retração na construção civil, você leva junto vários outros setores que envolvem cerâmica, plástico, tinta e metal mecânico”, disse Francisco Braga, economista da Federação das Indústrias do Estado de Alagoas.

construção civil

Para sobreviver a esse momento, os empresários precisam inovar com muita criatividade.

“Ele tem de ser criativo, se reinventar, diversificar sua cartela de serviços e reavaliar o mercado para que possa ter produtos alternativos e possa manter a empresa em atividade”, completou Francisco Braga.

Isso é o que tem feito a Braskem que, em 2012, inaugurou uma nova planta de PVC e classificou o Estado como o maior produtor das Américas. Atualmente, a empresa tem sofrido bastante com a recessão. Só para se ter uma ideia, em 2015, o mercado de PVC registrou queda de 18%.

milton pradines

“A ideia é que a gente consiga trabalhar procurando novas oportunidades para fazer frente a essa crise, com controle, planejamento de gastos, otimização de recursos, criação de sinergias entre clientes e parceiros, busca de novos mercados e incremento das exportações”, revelou Milton Pradines, gerente institucional da Braskem.

Com essas medidas, a fábrica espera encontrar novos caminhos e sair da crise bem mais fortalecida.

“Ao enfrentar esse período de crise, a empresa pode identificar oportunidades, desvios, erros e, também, novos mercados. Com tudo isso, poderá se preparar, para que, num momento seguinte, possa sair mais fortalecida”, revelou.

Nessa perspectiva, passar por um cenário tão desafiador para o país e sair do período de recessão mais fortalecido também exige ouvir a opinião de especialistas. Para atender a essa demanda do empresariado local, o Pajuçara Management 2016 traz Stephen Kanitz, premiado consultor de empresas, para apresentar o panorama econômico do Brasil e mostrar como é possível superar o momento de dificuldade.

O evento já é o maior das regiões Norte e Nordeste no ramo de gestão empresarial e chega à 14ª edição, nos dias 7 e 8 de junho, no Centro Cultural e de Exposições Ruth Cardoso. Mais informações no site ou pelo telefones 3033-3563 ou 99657-0555.