varejo

Comércio varejista adota estratégias para driblar a crise

Depois de deixar seus planos de gastos de lado no ano passado, devido ao agravamento da recessão e ao aumento do desemprego, os brasileiros querem encontrar, em 2016, meios de realizar seus sonhos de consumo ou se aproximar do padrão obtido com a alta do crédito na última década.

Segundo pesquisa divulgada pelo Instituto Data Popular, em janeiro, 91% da população reduziu seu consumo no ano anterior. Mas, o estudo também revela que, agora, as pessoas pretendem colocar em prática o que desejaram em 2015. Para isso, 72% dos entrevistados pretendem buscar fontes de renda extra, enquanto 62% vão poupar com outros gastos para redirecionar seus recursos.

Conhecer essa realidade dos consumidores, suas necessidades e a mudança de comportamento tem sido importante para o mercado varejista adotar novas estratégias para atrair e fidelizar os clientes, assim garantir a sobrevivência e a expansão dos negócios.

“A gente precisa de um planejamento não só financeiro, mas estratégico, para não entrar numa fria. O comércio passa por um momento delicado, mas não foi algo repentino. Quem consegue planejar, renegociar taxas, ter um relacionamento transparente com os colaboradores e investir em atendimento vai conseguir passar por esse momento”, destaca Lana Rettore, presidente da Associação dos Lojistas.

Cada vez mais focado no consumidor final, o varejo também aposta na comunicação para estabelecer um ritmo competitivo ao mercado.

Robson Rodas diz que gestão e criatividade são fundamentais para enfrentar o momento

 

“O chefe passou. O administrador tem que ser gestor e o exemplo começa por ele. O varejo precisa de gestores e de criatividade, precisa cativar o cliente e fazer com que ele vá ao empreendimento com encanto”, ressalta Robson Rodas, superintendente de um shopping local.

Investir em capacitação, estar preparado para os novos desafios e apostar em uma comunicação assertiva são algumas das atividades que consolidam uma imagem favorável ao lojista.  Anúncios, liquidações, merchandising e comerciais em veículos de comunicação – são muitos os recursos para atrair a clientela. E o mais importante: saber quem é o seu público e como ele tem se comportado na crise.

Renato Meirelles traz a experiência com estudos no varejo para o Pajuçara Management 2016

Atração confirmada para o Pajuçara Management 2016, Renato Meirelles, sócio do Instituto Data Popular, irá apresentar ao público alagoano a realidade dos novos consumidores brasileiros. O evento acontece nos dias 7 e 8 de junho, no Centro Cultural e de Exposições Ruth Cardoso, e traz grandes nomes do empresariado nacional.

Para garantir uma vaga, basta se inscrever pelo site ou pelos telefones 3031-3563/ 999657-0555. Até 29 de abril, os investimentos variam de R$ 210 a R$ 420, com ofertas especiais para estudantes e microempreendedores individuais.