stephen

Stephen Kanitz e o Brasil Que Dá Certo

Com mais de 40 anos no mercado, o consultor de empresas Stephen Kanitz já é uma das atrações confirmadas do Pajuçara Management 2016, entre os dias 7 e 8 de junho, no Centro Cultural e de Exposições Ruth Cardoso. O objetivo é compartilhar com o público alagoano a experiência adquirida na área de gestão, após acompanhar, de perto, diferentes períodos da Economia brasileira. Nesta edição, ele apresenta a palestra O Brasil Que Dá Certo, uma atualização do livro que lhe rendeu o Prêmio Jabuti de 1995.

Segundo Kanitz, está na hora de o país mostrar ao mundo que vai crescer via mercado interno. “Temos um sistema financeiro dos mais modernos e rápidos do mundo devido à inflação galopante dos anos 90″. Então, seria agora o momento de mostrar o que dá certo no Brasil.

Stephen Kanitz é reconhecido por ser um dos precursores da análise de risco e crédito, na década de 70, com o artigo “Como Prever Falências”, na Revista Exame. O trabalho ficou conhecido como o “Termômetro de Kanitz” e possibilitou o crédito a pequenos empresários e indivíduos de baixa renda. Além disso, criou, no mesmo período, a edição anual “Melhores e Maiores” da revista, com destaque para as empresas com melhor desempenho global. A ideia deu início ao movimento de benchmarking no Brasil, um processo de avaliação de organizações em relação à concorrência que permite o aperfeiçoamento de seus próprios métodos.

O consultor também foi um dos poucos a acreditar no sucesso do Plano Real, que iria solucionar a instabilidade econômica do país nos anos 90, e que o futuro das empresas seria ofertar produtos populares e mais acessíveis. “Eu dizia que o futuro seria produtos populares, para as camadas de baixa renda, as classes C e D.  Hoje, muitos empresários me esperam no aeroporto e agradecem. Ter mostrado este mercado para eles, anos atrás, era o que faltava. Provavelmente todos tinham a mesma ideia, mas estavam na dúvida”, ressalta.

O palestrante

Bacharel em Contabilidade pela USP e mestre em Administração de Empresas pela Harvard Business School, Kanitz começou cedo a carreira como consultor de empresas e conferencista. Aos 16 anos, apresentou a primeira palestra para um público de mil pessoas, quando ainda era estudante. Sobre o segredo para atrair a atenção dos ouvintes, ele explica: “a palestra precisa ser inovadora, prender a atenção a cada minuto, senão o grupo dispersa”.

Ele também revela não dar entrevista à imprensa, por não considerar justo com as pessoas que se deslocam do Brasil inteiro para participar de sua palestra, se pode ouvir as mesmas informações nos noticiários. “A segunda preocupação é não falar sobre o que está acontecendo na semana, que todos irão esquecer um dia depois. Me preocupo em dar conteúdo que será válido por alguns anos, pelo menos”, destaca.

Anualmente, Stephen Kanitz realiza uma média de 10 a 15 palestras. Ele prefere participar de poucos momentos, mas torná-los concorridos e comentados. Por isso, o Pajuçara Management 2016 traz para Alagoas, com exclusividade, mais esse nome de peso para compartilhar seu conhecimento na área dos negócios e apresentar ao empresariado local as novas tendências do mercado, neste cenário de crise política e recessão econômica.

Para participar do Pajuçara Management 2016, basta efetuar inscrição no site ou pelos telefones 3031-3563 e 99657-0555. Até sexta-feira, 29, os interessados aproveitam ofertas especiais, com investimentos de R$ 210 a R$ 420. Estudantes e microempreendedores individuais contam com descontos de 10%, assim como empresas com mais de 10 inscritos. Aproveite!